Banner Top
Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

TURISMO QUE CRUZA A SERRA

A REGIÃO SERRANA DO ESPÍRITO SANTO CONCENTRA PAISAGENS EXUBERANTES E DELÍCIAS DA GASTRONOMIA COM INFLUÊNCIA EUROPEIA

Não muito longe do mar de ilhas que recorta a geografia acidentada do Espírito Santo, o turismo capixaba sobe a serra. A pouco mais de 50 quilômetros da capital Vitória, saem de cena as praias de águas esverdeadas de Guarapari, destino mais visitado do estado, e entram rochas de tonsazulados, o turismo rural e a gastronomia com sotaque europeu.

Localizada no centro do Espírito Santo, a chamada Região das Montanhas Capixabas abrange nove municípios – entre eles Domingos Martins, principal cidade do destino serrano, que ainda inclui localidades como Castelo e Venda Nova do Imigrante.

  • A imensidão da Pedra Azul, formação rochosa de granito com 1.822 metros

Com apenas 34 mil habitantes, a bucólica Domingos Martins possui a segunda maior cobertura de Mata Atlântica do estado, abriga cachoeiras que chegam a 70 metros de altura.

Em um destino de dimensões exageradas, com uma área similar à cidade de São Paulo, chega a ser contraditório que uma pequena estrada de paralelepípedos dê acesso ao atrativo natural mais conhecido da região.

  • A charmosa estrada de paralelepípedos da Rota do Lagarto, com oito quilômetros de extensão

A Rota do Lagarto é uma via com cerca de oito quilômetros de extensão, entre a BR-262 e a Rodovia ES-164. Esse corredor verde faz o motorista desacelerar não só por conta da pista estreita, mas pelo cenário que vai passando do lado de fora, com pousadas charmosas, bistrôs e vendedores de produtos rurais. Ir e vir por essa estrada já justifica a viagem. É como (re)descobrir paisagens que passariam despercebidas entre o casario de influências europeias.

Mas o que não dá para deixar de notar, na ida ou na volta, é a rocha que deu nome (e fama) à região. A Pedra Azul é um maciço rochoso de granito que se eleva imponente a 1.822 metros de altitude, cujos tons vão do acinzentado ao azul, de acordo com a incidência de luz. A saliência que sai da rocha principal na forma de um réptil deu origem ao nome de outro ponto de interesse: a Pedra do Lagarto, que, unida à Pedra Azul, parece escalar o cartão-postal da região. A Rota do Lagarto dá acesso também ao Parque Estadual da Pedra Azul, um dos mais visitados do Espírito Santo, sobretudo na temporada de inverno.

  • Flores colorem a praça central do município de Domingos Martins

Domingos Martins abriga uma área preservada de qua se 30 mil hectares de Mata Atlântica nativa, segundo a Fundação SOS Mata Atlântica. A quase 90 quilômetros de Vitória, a reserva da Pedra Azul, com mais de 1,2 mil hectare, pode ser explorada em duas trilhas. A mais fácil é oCircuito da Base, cujos quase dois quilômetros (ida e volta) levam o visitante aos pés da Pedra Azul, com paradas estratégicas em mirantes para a apreciação da paisagem.

Já a Trilha das Piscinas Naturais é uma caminhada mais pesada (2,5 quilômetros de ida e volta) em que é necessário encarar uma subida íngreme de quase 100 metros por cordas que levam a formações nas rochas que lembram ofurôs naturais de borda infinita, com vistas exclusivas da Serra Capixaba. Se o visitante tiver disposição, pode encarar as duas caminhadas no mesmo dia.

NATUREZA E AVENTURA

O nível de adrenalina sobe em outra parada da Rota do Lagarto. O Ecoparque Pedra Azul Aventura é um empreendimento familiar que tem como principal produto turístico as saídas de quadriciclo até a base da Pedra Azul. São sete quilômetros de roteiro, com uma hora de duração, por vias exclusivas da propriedade. Na divisa com o parque estadual, é possível contemplar o Parque do Forno Grande e o Pico da Bandeira, um dos pontos mais altos do Brasil, com 2.892 metros. No local, é possível realizar também trilhas ecológicas e um rapel de 40 metros em um paredão rochoso.

  • Piscinas naturais, chamadas de Poços Amarelos, no Parque Estadual do Forno

Menos frequentado, mas tão impressionante quanto,  o Parque Estadual do Forno abriga o Pico do Forno Grande que, do alto de seus 2.039 metros, guarda o segundo maior ponto do Espírito Santo. O nome é uma referência a seu curioso formato de forno. Localizada no setor rural do município de Castelo, a 146 quilômetros de Vitória, essa área preservada de 730 hectares tem um pequeno museu de animais da região empalhados e trilhas curtas, como a dos Poços Amarelos, onde ficam piscinas naturais amareladas por conta do excesso de ferro na água, mas ótimas para banho.

GASTRONOMIA EUROPEIA

A pouco mais de 60 quilômetros a oeste de Domingos Martins, o município de Venda Nova do Imigrante oferece turismo a partir da experiência rural dos imigrantes italianos que chegaram à região a partir do final do século 19. Desde 2005, a cidade carrega o título de Capital Nacional do Agroturismo. Em outras palavras, é o turismo familiar que acontece em propriedades rurais que produzem cachaças, queijos, doces, morangos orgânicos e o clássico socol, um presunto cru de origem italiana, temperado com alho, pimenta e sal.

Aliás, não estranhe se encontrar nos cardápios opções como chucrute, joelho de porco (eisbein, em alemão), lombo de porco defumado (kassler) ou folhado de maçã (apfelstrudel). Os alemães foram os primeiros imigrantes europeus a chegarem à região, ainda na primeira metade do século 19. Santa Isabel, um dos distritos de Domingos Martins, é considerada a primeira colônia germânica doEspírito Santo.

A colonização italiana de Venda Nova deixou tradições gastronômicas locais, como a polenta que, em outubro, é protagonista da concorrida Festa da Polenta, cujo destaque é o Tombo da Polenta –quando um caldeirão gigante é entorna do para servir os visitantes do evento. Na edição de 2017, foram usadas quatro toneladas de fubá para preparar a iguaria.

A região também ganhou o mundo com a produção peculiar de um tipo raro (e caro) de café. Na Fazenda Camocim, entre Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante, a bebida brasileira ganha a versão “café do jacu”, uma produção orgânica que utiliza os grãos de café encontrados nas fezes do jacu, ave vegetariana da Mata Atlântica.

O Espírito Santo ainda é o irmão desconhecido do turismo no Sudeste. Mas o que se vê por ali são paisagens e culturas muito diferentes do que se encontra nos estados vizinhos – exatamente o que buscamos ao conhecer lugares novos.

ONDE FICAR

Rabo do Lagarto

No distrito de Aracê, essa pousada do selo Roteiros de Charme tem quartos com vista exclusiva da Pedra Azul. Voltada para casais, tem também suítes com lareira e ofurô. Destaque para o serviço de slow food, exclusivo para hóspedes, no Bistrô Chez Lagarto.
rabodolagarto.com.br

Marechal Floriano

Cerca de cem orquidófilos dão a Marechal Floriano o título de cidade das orquídeas.

Ecoparque Pedra Azul Aventura

Entre áreas para esportes de aventura, o Ecoparque Pedra Azul Aventura também tem chalés de 32 m², equipados com cozinha, e casas com até três quartos.

CASCATA DO GALO

Sem estrutura turística, a 10 km do centro de Domingos Martins, a Cascata do Galo é outro atrativo concorrido: uma queda d’água de 70 metros de altura que escorre por uma rampa rochosa a 45 graus de inclinação, formando piscinas naturais.

JACU BIRD

O “Café Jacu Bird” pode ser encontrado em São Paulo por 20 reais a xícara, ou em latas de 250 gramas, que custam R$ 200.

SERVIÇO

40ª FESTA DA POLENTA DE 12 A 21 DE OUTUBRO DE 2018 - VENDA NOVA DO IMIGRANTE

  • Foto divulgação: SETUR/ES

PARQUE ESTADUAL DA PEDRA AZUL
A ENTRADA AO PARQUE É GRATUITA, MAS AS TRILHAS COM GUIAS DEVEM SER AGENDADAS
COM ANTECEDÊNCIA PELO SITE: IEMA.ES.GOV.BR 
TEL.: (27) 3248-1156

PARQUE ESTADUAL DO FORNO GRANDE
ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE CASTELO - RESERVAS: (27) 3248-1156 / (28) 9966-7550

ECOPARQUE PEDRA AZUL AVENTURA
ROTA DO LAGARTO, KM 3 - DOMINGOS MARTINS/FAZENDA GIRARDI
SAÍDAS DE QUADRICICLO, A PARTIR DE R$ 100 POR PESSOA - PEDRAAZULAVENTURA.COM.BR

COMO CHEGAR

Vitória, destino que a Avianca Brasil começa a operar a partir de 16 de abril, é onde fica o aeroporto mais próximo. Da capital capixaba são cerca de 50 km até Domingos Martins, com acesso pela BR-262
* Consulte Mais Informações no site: www.avianca.com.br

Eduardo Vessoni
Eduardo Vessoni
Colaborador

Últimas edições

Tata Werneck
Sophia Abrahão
Daniel Boaventura
Zac Efron
Thomas Troisgros
Guga Kuerten
Grazi Massafera
Mateus Solano
Klebber Toledo
Patrícia Poeta
Gabriel Medina
Juliana Paes
Rodrigo Hilbert
HUGH JACKMAN
Carol Castro
Débora Falabella
Paulo Gustavo
Dan Stulbach
Letícia Spiller
Camila Queiroz
Glenda Kozlowski
Maria Casadevall
Olivier Anquier
Camila Coutinho
Fernanda Lima
Pedro Andrade
Preta Gil
 Jaqueline Carvalho
Taís Araújo e Lázaro Ramos
Cleo Pires
Mauricio de Sousa
Carol Trentini
Star Alliance
Fábio Porchat
Marília Gabriela
Fernanda Paes Leme
Paolla Oliveira
Flávio Canto
Bruna Markezine
Marina Ruy Barbosa
Ingrid Guimarães
 Malvino Salvador
Isabelli Fontana
Deborah Secco
Meninos do vôlei
Miguel Falabella
Daniel Alves
Luiza Valdetaro
Giovanna Antonelli
Wagner Moura
Revista Giovanna Ewbank
Antonio Fagundes
Reynaldo Giane
Fernanda Motta
Paulo  Gustavo
Cláudia Raia
Maria Fernanda
João Paulo Diniz
Tatá Werneck
Fernando Torquatto Avianca
Junior Cigano
Max Fercondini
 Isis Valverde
 Robert Scheidt
Glória Maria
Alessandra Ambrósio
 Alinne Moraes Luiz Tripolli
Sabrina Sato
Tiago Abravanel

Media Onboard

Responsável por todo o entretenimento e mídia de bordo das aeronaves Avianca Brasil, oferecendo diversas plataformas criativas online e off-line para impactar o público alvo.

anuncie
  • Vencemos o 30º prêmio Veículos de Comunicação como revista customizada de 2016
RegistrationLogin
Sign in with social account
or
Lost your Password?
RegistrationLogin
Sign in with social account
or
A password will be send on your post
RegistrationLogin
Registration