Banner Top
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

O QUE ELES FAZEM POR ELAS?

Educar a nova geração masculina desde a infância é o grande desafio do movimento “HeForShe”, lançado pela Organização das Nações Unidas em setembro de 2014.

“Quero que os homens comecem essa luta para que suas filhas, irmãs e esposas possam se livrar do preconceito”, declarou a embaixadora global da Boa Vontade da ONU Mulheres, Emma Watson, na época. A atriz tem recebido apoio de milhões de pessoas, incluindo chefes de Estado, CEOs de grandes empresas e personalidades globais.

No Brasil, a tradução “ElesPorElas” ecoou o esforço mundial que visa envolver homens na remoção de barreiras sociais e culturais que impedem mulheres de atingir seu potencial.

O objetivo é criar uma visão compartilhada de avanço humano para todos e um movimento de solidariedade entre mulheres e homens para alcançar a igualdade de gênero.

A Heads foi a primeira agência de publicidade brasileira a assinar o documento “Princípios de Empoderamento das Mulheres”, da ONU, e dedica boa parte de seu trabalho a essa luta.

Sua mais recente campanha voluntária reuniu dez personalidades do país, de atores e cantores a esportistas, incluindo a modelo transexual Lea T. “Se uma mulher já sofre preconceito, imagine uma pessoa que precisa lutar para ser reconhecida como tal”, diz Lea T., em vídeo.

A estratégia de marketing é a mesma da ONU: fazer com que o gênero masculino se torne um aliado das mulheres nessa batalha. Todos podem fazer sua adesão on-line pelo site www. onumulheres.org.br, sendo que mais de um milhão de homens e meninos já assinaram o compromisso. Porém, são as ações cotidianas que precisam entrar em cena.

Num país como o Brasil, a igualdade de gêneros ainda remete a outra importante questão: a violência contra a mulher. Foi assim que, no final do ano passado, o tema paralelo “Machismo. Já passou da hora. #podeparar” embalou uma nova campanha, desta vez patrocinada pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. A ação foi propositalmente lançada no Dia Nacional da Consciência Negra, já que mulheres negras sofrem duplamente: por serem mulheres e pela cor da pele.

Felizmente, a comunidade publicitária brasileira é solidária com as lutas sociais e colabora sempre com campanhas de conscientização. Só falta o público prestar mais atenção e os veículos de comunicação dedicarem mais espaço a essa importante causa.

Adonis Alonso
Adonis Alonso
Colunista
Jornalista, autor do livro "Meus Amigos Publicitários" e titular do Blog do Adonis. alonso.adonis@gmail.com

Últimas edições

Thomas Troisgros
Guga Kuerten
Grazi Massafera
Mateus Solano
Klebber Toledo
Patrícia Poeta
Gabriel Medina
Juliana Paes
Rodrigo Hilbert
HUGH JACKMAN
Carol Castro
Débora Falabella
Paulo Gustavo
Dan Stulbach
Letícia Spiller
Camila Queiroz
Glenda Kozlowski
Maria Casadevall
Olivier Anquier
Camila Coutinho
Fernanda Lima
Pedro Andrade
Preta Gil
 Jaqueline Carvalho
Taís Araújo e Lázaro Ramos
Cleo Pires
Mauricio de Sousa
Carol Trentini
Star Alliance
Fábio Porchat
Marília Gabriela
Fernanda Paes Leme
Paolla Oliveira
Flávio Canto
Bruna Markezine
Marina Ruy Barbosa
Ingrid Guimarães
 Malvino Salvador
Isabelli Fontana
Deborah Secco
Meninos do vôlei
Miguel Falabella
Daniel Alves
Luiza Valdetaro
Giovanna Antonelli
Wagner Moura
Revista Giovanna Ewbank
Antonio Fagundes
Reynaldo Giane
Fernanda Motta
Paulo  Gustavo
Cláudia Raia
Maria Fernanda
João Paulo Diniz
Tatá Werneck
Fernando Torquatto Avianca
Junior Cigano
Max Fercondini
 Isis Valverde
 Robert Scheidt
Glória Maria
Alessandra Ambrósio
 Alinne Moraes Luiz Tripolli
Sabrina Sato
Tiago Abravanel

Media Onboard

Responsável por todo o entretenimento e mídia de bordo das aeronaves Avianca Brasil, oferecendo diversas plataformas criativas online e off-line para impactar o público alvo.

anuncie
  • Vencemos o 30º prêmio Veículos de Comunicação como revista customizada de 2016
RegistrationLogin
Sign in with social account
or
Lost your Password?
RegistrationLogin
Sign in with social account
or
A password will be send on your post
RegistrationLogin
Registration