Banner Top
Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

SOPHIA É UM SHOW

A ATRIZ, CANTORA E APRESENTADORA SOPHIA ABRAHÃO COMEMORA UM ANO À FRENTE DO“VÍDEO SHOW” E MOSTRA UMA INTIMIDADE CADA VEZ MAIOR COM O PROGRAMA AO VIVO

Às vezes, nem tudo sai como o imaginado, e é por isso mesmo que as coisas dão certo. Quando era criança, Sophia Abrahão sonhava em ser médica cirurgiã. Mas o destino quis diferente. Ela estreou em “Malhação” com 16 anos e, aos 19, atuou e cantou na novela teen “Rebelde”, da Record. Em 2017, foi convidada para cobrir férias no “Vídeo Show” e topou o desafio. De um dia para outro, se descobriu apresentadora. Em fevereiro, Sophia completou um ano no programa diário da Globo, cada vez mais à vontade. A medicina ficou definitivamente para trás.

“Estou muito feliz com esse momento. Tenho me empenhado muito e tentado me aperfeiçoar. Fico realizada por saber que o público está gostando do resultado”, conta Sophia, 26. Durante o bate-papo no hotel Emiliano Rio, com vista privilegiada para Copacabana, a atriz e cantora se mostrou empolgada com a fase apresentadora. “O começo foi assustador. É um programa diário, de uma hora, na maior emissora do país. Mas hoje me sinto confiante. Às vezes vou fazer chamadas gravadas e até sinto falta da adrenalina do ao vivo”, conta, abrindo um sorriso.

A chegada ao “Vídeo Show” surpreendeu até a própria Sophia. Ela havia acabado de participar de “Dança dos famosos” e da primeira fase de “A Lei do Amor” quando recebeu o convite da produtora de elenco Malu Fontenelle para fazer um teste para o programa vespertino. A ideia era cobrir 15 dias de férias de Otaviano Costa, mas Sophia chegou para ficar. “Às vezes esses processos demoram muito, mas foi tudo muito rápido. Em uma semana, minha vida mudou.”

A afirmação de Sophia no “Vídeo Show”, de certa maneira, cobriu uma lacuna aberta desdea saída de Monica Iozzi, em fevereiro de 2016. O programa teve sua liderança histórica no Ibope ameaçada e passou por reformulações. Mas a chegada de Sophia teve ótima aceitação. “Substituir a Monica era uma responsabilidade grande”, relembra. “Ela tem uma veia cômica fortíssima e eu poderia ter caído na cilada de forçar uma comédia. Então tentei ser eu mesma.”

Quando chegou no programa, Sophia conhecia osapresentadores Otaviano Costa e Joaquim Lopes (que deixou a atração recentemente para atuar na próxima novela das seis) apenas dos corredores do Projac. A sintonia entre eles, no entanto, foi imediata. “Fiquei com medo de pegar o bonde andando. Foi que nem primeiro dia de aula, quando você não sabe como são os seus colegas”, brinca. “Só que todos me receberam muito bem.

Foram muito generosos no sentido de ‘vai, não se preocupa, se você errar a gente está aqui’”. O sucesso como apresentadora, porém, não faz Sophia se acomodar. Ela revela que grava os programas e os assiste com a fonoaudióloga Rose Campos três vezes por semana para entender como pode melhorar. “A gente vai parando minuto por minuto para discutir como estava minha entonação de voz, como trabalhei com o corpo, como eu poderia ter feito melhor. É impressionante como saio de todas as aulas com vários insights”, conta.

DA PASSARELA PARA A TELEVISÃO

Enquanto estudava para o vestibular, Sophia nunca pensou que se tornaria artista. A paulistana começou a trabalhar como modelo aos 13 anos, mais para ter uma certa independência financeira do que pelo desejo de se tornar famosa. Com 15, chegou a morar sozinha na China. E, no ano seguinte, fez o teste para “Malhação” por sugestão da sua agência – “para descobrir como se sairia no vídeo”. Foi tão bem que ganhou um papel, deixou a família em São Paulo e se mudou para o Rio de Janeiro.

“Minha educação foi sempre muito focada na vida acadêmica. Eu estudava no Bandeirantes, um colégio extremamente rigoroso. Comecei a trabalhar como modelo e, aos poucos, minha visão de mundo se ampliou”, relembra. “Percebi que tinha muito mais possibilidades pela frente do que um vestibular ou uma faculdade.” Sophia ficou três anos em “Malhação”. Depois, fez a série “Bicicleta e Melancia”, no Multishow, e “Confissões de Adolescente”, no teatro. Mas foi em 2011 que a vida deu uma nova guinada.

Em casa, ela arranhava algumas músicas no violão. Mas quando foi chamada para a novela teen “Rebelde”, da Record, Sophia encarou o desafio de atuar e cantar profissionalmente. A banda fictícia da novelinha virou um projeto real e, ao lado dos outros cinco protagonistas, a cantora novata gravou três discos e rodou o país. “Foi uma das coisas mais insanas que já fiz. Gravávamos de segunda a quinta e depois viajávamos fazendo shows de sexta a domingo”, recorda.

“Quando sobrava tempo para ‘fazer o pé’ a gente até chorava de felicidade”, brinca, aos risos. O sucesso com os Rebeldes transformou Sophia em uma estrela junto ao público infantojuvenil, que acompanha a carreira da atriz e apresentadora até hoje. Nas redes sociais, a artista faz questão de interagir com seus quatro milhões de seguidores. Quando pode, também atende seus “tirulipos” (apelido que criou para os fãs) pessoalmente até que todos ganhem selfies, autógrafos ou alguns minutos de atenção. Esse carinho é fundamental para manter vários fã-clubes ativos tanto tempo depois da novela teen.

“Tenho um público que é muito forte, fiel, companheiro. Às vezes, alguém fala: ‘você marcou a minha infância’. É muito legal saber que, de certa maneira, eu participei de uma etapa da vida deles”, conta, com orgulho. A atriz classifica “Rebelde” como um divisor de águas na sua carreira. E valoriza o fato de manter seu público até hoje. “Construímos uma relação muito transparente, que já dura sete anos. Não sou mais adolescente. Sou uma mulher. Mas essa mudança e esse amadurecimento não fizeram com que eles fossem embora.”

PAIXÃO PELA MÚSICA

Além de conquistar um público fiel, a experiência em “Rebelde” despertou em Sophia um lado musical inesperado. Em 2015, ela lançou seu disco de estreia, “Sophia Abrahão”, que chegou a liderar o ranking de vendas no iTunes e rendeu à cantora uma indicação ao Grammy Latino na categoria “melhor artista revelação”. “Foi ‘Rebelde’ que me trouxe para a música, a primeira vez que pisei num estúdio, que subi num palco para cantar. Pode ser um clichê, mas depois que você desfruta desse sentimento, não quer mais largar”, afirma.

  • Sophia, com apenas 16 anos, ao lado da atriz Caroline Figueiredo, nos tempos de “Malhação”.
  • A paulistana interpretava a patricinha Felipa Gentil

Em novembro de 2017, Sophia surpreendeu os fãs com o EP “Dance!”, com três músicas (duas autorais) e uma pegada mais pop, inspirada no som de artistas que ela admira, como Iza e Karol Conka. “Eu queria passar um sentimento mais dançante, mais vibrante. Sempre trabalhei com músicas mais românticas, mas com esse EP eu quis animar as pessoas”, conta. “Estou em uma fase muito feliz, realizada profissionalmente e pessoalmente. Uma das fases mais solares da minha vida. Então quis retribuir essa fase solar para os fãs também.”

  • A banda “Rebeldes” se tornou um fenômeno teen na televisão e na vida real entre 2011 e 2013, realizando shows por todo o país

Junto com o EP, veio o clipe da música “Rebola”, composta por Sophia em parceria com o DJ e produtor musical Boss in Drama, que já ultrapassou um milhão e meio de visualizações no Youtube. “Me realizei bastante com esse trabalho. Foi o Sérgio [Malheiros, seu namorado] que dirigiu o clipe. Foi tudo como eu quis. Com cenários, bailarinos e uma equipe que sempre trabalha comigo”, recorda. Por enquanto, Sophia não tem apresentações marcadas.

  • A atriz e o professor de dança Rodrigo Oliveira fcaram em segundo lugar na “Dança dos Famosos”,
  • do “Domingão do Faustão”, em 2016

O foco está no “Vídeo Show”. Mas em breve ela deve voltar para os palcos e fazer uma nova turnê. Sophia gosta mesmo de se descobrir e se reinventar – o que fica evidente na variedade de visuais e cores de cabelo que ela já usou. “Adoro desafios. No primeiro momento, dou uma congelada, fico na dúvida, mas a arte é muito ampla. Me rotular como artista nunca foi o ideal ou o meu sonho”, reflete. “Podemos atuar em várias vertentes. Na música, na literatura (ela já escreveu dois livros juvenis), na apresentação, na interpretação. Eu levo tudo muito a sério e me desafio em todas as frentes.”

O que Sophia ainda gostaria de fazer? “Quero desenhar roupas. Não tenho a menor pretensão de virar uma estilista, mas gostaria de lançar minha própria coleção”, revela, assumindo seu lado fashionista. “Gostaria de ter mais conhecimentos em relação à parte manual da moda, ter uma máquina de costura e inventar coisas, ter a habilidade de fazer uma bainha da minha calça”, se diverte. Para quem virou atriz, cantora e apresentadora meio sem querer, é melhor não duvidar.

POR · FELIPE SEFFRIN
FOTOS ·  JORGE BISPO
STYLIST · DUDU FARIAS
MAKE · VIVI GONZO
TRATAMENTO · SÉRGIO PICCIARELLI - SPHOTO

Felipe Seffrin
Felipe Seffrin
Colaborador

Últimas edições

Tata Werneck
Sophia Abrahão
Daniel Boaventura
Zac Efron
Thomas Troisgros
Guga Kuerten
Grazi Massafera
Mateus Solano
Klebber Toledo
Patrícia Poeta
Gabriel Medina
Juliana Paes
Rodrigo Hilbert
HUGH JACKMAN
Carol Castro
Débora Falabella
Paulo Gustavo
Dan Stulbach
Letícia Spiller
Camila Queiroz
Glenda Kozlowski
Maria Casadevall
Olivier Anquier
Camila Coutinho
Fernanda Lima
Pedro Andrade
Preta Gil
 Jaqueline Carvalho
Taís Araújo e Lázaro Ramos
Cleo Pires
Mauricio de Sousa
Carol Trentini
Star Alliance
Fábio Porchat
Marília Gabriela
Fernanda Paes Leme
Paolla Oliveira
Flávio Canto
Bruna Markezine
Marina Ruy Barbosa
Ingrid Guimarães
 Malvino Salvador
Isabelli Fontana
Deborah Secco
Meninos do vôlei
Miguel Falabella
Daniel Alves
Luiza Valdetaro
Giovanna Antonelli
Wagner Moura
Revista Giovanna Ewbank
Antonio Fagundes
Reynaldo Giane
Fernanda Motta
Paulo  Gustavo
Cláudia Raia
Maria Fernanda
João Paulo Diniz
Tatá Werneck
Fernando Torquatto Avianca
Junior Cigano
Max Fercondini
 Isis Valverde
 Robert Scheidt
Glória Maria
Alessandra Ambrósio
 Alinne Moraes Luiz Tripolli
Sabrina Sato
Tiago Abravanel

Media Onboard

Responsável por todo o entretenimento e mídia de bordo das aeronaves Avianca Brasil, oferecendo diversas plataformas criativas online e off-line para impactar o público alvo.

anuncie
  • Vencemos o 30º prêmio Veículos de Comunicação como revista customizada de 2016
RegistrationLogin
Sign in with social account
or
Lost your Password?
RegistrationLogin
Sign in with social account
or
A password will be send on your post
RegistrationLogin
Registration